segunda-feira, 5 de julho de 2010

As ONGs do Brasil e a Abaquar

Em geral no Brasil as Organizações tiveram inicio nos anos 80, suas principais características estão relacionadas aos direitos de menores, mulheres e famílias, relações do meio ambiente, religiosos, e direitos dos cidadãos.
O Sudeste é a região com mais ONGs do Brasil, a partir de 1990 as ONGs começaram a crescer e se expandir.
Em torno de 26% das Organizações não governamentais dedicam suas atividades a crenças religiosas, é a maior concentração do pais. Porcentagens menores estão relacionadas à habitação, saúde, lazer, pesquisas, assistência social, defesa de direitos, patronais, meio ambiente, educação, cientifica, entre outras.
As ONGs são sustentadas por recursos de cooperação internacional através de movimentos externos, parcerias de órgãos públicos, contribuição de associados, doações da comunidade, doações de empresas, e produção auto-sustentável, venda de produtos e prestações de serviço. Os voluntariados não são remunerados, prestam serviços como forma de se envolverem em um bem maior.
A ABAQUAR
Um projeto bem elaborado é o Abaquar, que em tupi guarani significa “Homem que voa”. A mesma está localizada no bairro Santo Antônio de Lajeado. A Abaquar trabalha com criança principalmente na faixa de 4 à 17 anos. No total, são mais ou menos 200 crianças e jovens.
Com uma pequena sede, uma casinha simples e um terreno com um campinho de futebol, ela oferece 15 oficinas de aprendizado, futebol, música, recreação, balé, canto, artes e muitas outras. Tem o objetivo de transformar o negativo em positivo. É uma forma de ocupar esses jovens em horários opostos da escola, tirando eles de situações de risco, dando-lhes esperança de um futuro mais promissor, além claro de um pouco de afeto e atenção.
O bairro Santo Antônio foi criado pela prefeitura para abrigar os excluídos da sociedade que primeiramente teve o nome de Chácara da Prefeitura. Desde sua criação o bairro tem a fama de marginal. Ainda hoje é conhecido pelo tráfico de drogas, pela criminalidade e pela pobreza. Apesar de seus defeitos, o bairro Santo Antônio também é lar de famílias trabalhadoras, honestas que sofrem pelo preconceito da sociedade pela sua localização ou pela raça do povo que em sua maioria é mulata ou negra.
O morro fica fora do grande centro e de vista já tem a aparência precária de pobreza. O projeto da Abaquar luta pelos direitos desta comunidade, fazendo aos poucos uma grande diferença na vida dos jovens e de suas famílias.
Parabéns aos fundadores da Abaquar, seus parceiros, voluntariados e principalmente parabéns a esses jovens que demostram interesse e garantem o sucesso dessa ONG. Viva Abaquar!!!
Conheça o blog da Abaquar - leia mais, aproveite e faça parte dessa grande família. Seja um voluntáriado.

0 comentários: